Inicio » , , , » EUA: Devils Tower, a enigmática formação rochosa no Wyoming

EUA: Devils Tower, a enigmática formação rochosa no Wyoming

Monumento Nacional formado naturalmente por uma erupção vulcânica


A estranha formação rochosa chamada Devils Tower (que poderia ser traduzida como Torre do Diabo) ficou famosa por ter aparecido no filme de ficção científica Contatos Imediatos de Terceiro Grau (1977), de Steven Spielberg. É um lugar pouco conhecido dos brasileiros e eu resolvi ir até lá para explorar de perto.


CODY

Amanheci na cidade de Cody, noroeste do estado de Wyoming, depois de pernoitar "0800" dentro do carro no estacionamento do supermercado Walmart. Veja a localização no Google Maps. A pequena cidade fica a 100 km do Parque Yellowstone e possui um estilo "Velho Oeste" mais original que a cidade de Jackson, que tem o mesmo estilo porém mais turística. Cody é mais autentica e cheia de "vaqueiros", sendo famosa por ter rodeio no verão. Cheguei a ver pessoas com roupas de cowboys fazendo compras no Walmart.

Restaurante de Cody no estilo "Velho Oeste"


Cody é uma autêntica cidade de cowboys


A cidade de Cody possui alguns hotéis temáticos de faroeste e até uma cidade cenográfica, a Old Trail Town, que custa 9 USD para vistar! Não precisa gastar seus dólares para ver objetos e arquitetura do velho oeste americano pois existem lugares tematizados assim sem custo, como no estacionamento do Restaurante Fort Cody (veja a localização no Google Maps).

Objetos antigos do velho oeste americano


Banheira de cowboy


BUFFALO BILL CENTER OF THE WEST

A cidade tem esse nome em homenagem a William Frederick Cody, uma figura lendária do Velho Oeste. Existe um centro cultural e museu em sua homenagem. Para mais informações acesse https://centerofthewest.org/

Estátua de Buffalo Bill, personagem histórico dos EUA


Representação de uma casa de índio do oeste americano


COMO CHEGAR NA DEVILS TOWER?

De Cody, próxima ao Parque Yellowstone, eu enfrentaria uma longa jornada até a principal atração do dia no meu roteiro. São 500 km (310 milhas) de distância até a Devils Tower, cerca de 5 horas de viagem. Parti de Cody por volta das 10h00 em direção ao leste do país. Durante toda a road trip usei o App Google Maps do Smartphone com o GPS da rede de dados do Easysim4u para me orientar na rota... e deu certo! Veja aqui o itinerário.

O norte do estado do Wyoming é predominantemente rural


A rota passa pelo Bighorn National Forest, com relevo montanhoso


Ao se aproximar, a Devils Tower se destaca no horizonte


DEVILS TOWER NATIONAL MONUMENT

Para acessar a área da Devils Tower é cobrada uma taxa de 20 USD por carro, ou 15 USD por moto ou 10 USD por pessoa (a pé ou bicicleta), nos valores de 2018. Logo na entrada encontrei um curioso roedor chamado Prairie Dogs ou, traduzindo, "cães da pradaria". Os visitantes são aconselhados  a evitar contato com esses animais devido ao risco de contrair raiva com mordidas. Para informações atualizadas sobre a Devils Tower, acesse  https://www.nps.gov/deto/learn/index.htm

Na entrada, o visitante ganha um folheto com informações detalhadas da Devils Tower


Um roedor comum nos campos da região, chamado "cão da pradaria"


O estacionamento do centro de visitantes é organizado e simples. Há banheiros, lojinha de lembranças, um pequeno museu e água potável de graça. As construções de madeira são históricas e bem preservadas.

Posto ranger de Devils Tower


Pequeno museu no interior do modesto centro de visitantes


Algumas maquetes permitem conhecer melhor a formação daquela "torre"


COMO SE FORMOU?

O processo de formação da torre natural iniciou por volta de 50 milhões de anos atrás quando o magma foi injetado nas camadas de rochas sedimentares. Milhares de anos se passaram e a erosão desfez as rochas sedimentares ao redor e restou apenas a forma "moldada" da torre de rocha basáltica medindo 275 metros de altura. 

A imponente torre de rocha basáltica conhecida como Devils Tower


Placas ao longo da trilha explicam a formação geológica


A LENDA

Entender a explicação geológica de formação da torre é complicada para muitas pessoas mesmo nos dias atuais, imagina então o que os índios americanos pensavam sobre ela! A Torre era considerada sagrada pelos índios ancestrais e era chamada Mateo Tipi que se traduz como "refúgio do urso". Diz a lenda que, certa vez, jovens índios foram perseguidos por um urso gigante. Ao implorarem pela ajuda do grande espírito, a rocha em que eles estavam se levantou e começou a subir. O urso tentou alcançá-los e, com suas garras, acabou esculpindo as ranhuras na torre. Um grupo de escoteiros da cavalaria dos EUA esteve no local em 1876 e traduziu incorretamente o nome indígena para "Torre do Deus Mau" e, assim, seu nome Devils Tower se tornou popular.

A torre de colunas de basalto é uma formação rara no mundo


É possível escalar as colunas basálticas com permissão especial


No final da tarde, a luz do sol torna a torre ainda mais bonita com o tom amarelado


TRILHAS

A partir do centro de visitantes existe acesso até a base da torre por uma trilha bem definida. São praticamente 3 circuitos diferentes que circundam a Devils Tower e a região ao redor. Tudo é bem sinalizado e também informado através de mapa do folheto recebido na entrada (veja os mapas neste link). A trilha principal é a Tower Trail que possui 2 km de percurso e passa ao redor da torre. Foi feita durante a Grande Depressão de 1930, quando vários cidadãos ficaram acampados no local.

A trilha é "pavimentada" de maneira natural


A Tower Trail é uma trilha de 2km que passa ao redor da torre


Além da Devils Tower, a trilha possui mirantes da bela pradaria ao redor


Caminho circular com pedras, pinheiros e bancos para sentar e apreciar a paisagem


Floresta do vale do rio Belle Fourche, ao redor da torre


Mapa das trilhas de Devils Tower


PARTIDA PARA RAPID CITY

Ao terminar o circuito principal já próximo do pôr do sol, aproveitei para jantar uma das minhas comidas em conserva, usar o banheiro do parque e abastecer as garrafas de água na torneira de água potável. Percorri mais 180 km (112 milhas) até a cidade de Rapid City, no estado de Dakota do Sul. Pernoitei de graça dentro do carro na área de estacionamento de um grande complexo de restaurante, cassino e posto de gasolina, indicado no mapa como Flying J Franchise. Veja a localização no Google Maps.

Acabei presenciando o sol se pôr naquele local místico


MEU ROTEIRO

Anterior: PARQUE YELLOWSTONE

Roteiro completo: MISSÃO OESTE AMERICANO

Próximo: MONTE RUSHMORE


Siga A Mochila e o Mundo:





Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 36 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações