Inicio » , , , » EUA: As esculturas colossais de Monte Rushmore e Crazy Horse

EUA: As esculturas colossais de Monte Rushmore e Crazy Horse

O memorial patriótico que representa os grandes presidentes da história americana


Sabe aquele lugar que você só conhece através de desenhos animados? Pois é, o Monte Rushmore não é um lugar muito visitado por turistas internacionais, talvez pela localização distante dos grandes centros urbanos dos EUA. Mesmo assim, creio que a maioria das pessoas já ouviu falar dessas gigantescas esculturas talhadas na encosta de uma montanha representando o rosto dos presidentes George Washington, Thomas Jefferson, Abraham Lincoln e Theodore Roosevelt. Sua construção durou 14 anos e foi concluída em 1941.


COMO CHEGAR?

A cidade mais bem estruturada e próxima do Monte Rushmore é Rapid City. Eu havia pernoitado dentro do carro na noite anterior em um complexo com restaurante, cassino e posto de gasolina, nomeado no mapa como Flying J Franchise. Veja a localização no Google Maps. Logo pela manhã, depois de tomar o breakfast, segui por 37 km (23 milhas) ao sul para chegar no famoso memorial.

Após abastecer o carro começaria a jornada do dia


Nas estradas do estado de Dakota do Sul percebi que aquela era a terra da moto Harley Davidson, por onde passava eu presenciava dezenas de motoqueiros no melhor estilo wild. Existe até uma loja da Harley na pequena cidade de Keystone, já nas montanhas próximas a entrada do Monte Rushmore. Durante toda a road trip usei o App Google Maps do smartphone com o GPS da rede de dados do Easysim4u para me orientar. 

Dois motoqueiros brabões com bichinhos de pelúcia nas motos


Loja da Harley Davidson em Keystone. A moto é muito popular na região


A subida pelas estradas nas montanhas verdes de Dakota do Sul


MEMORIAL NACIONAL DO MONTE RUSHMORE

A entrada no Memorial é gratuita, porém o estacionamento é pago (10 USD por carro). Esta taxa não é coberta pelos cartões de parques nacionais porque os estacionamentos são privados. Como é uma estrada de montanha, não é fácil parar fora do estacionamento. Não é permitido voar drone naquele local.

O estacionamento custa 10 USD e é válido por todo o ano


Entrada do Memorial Nacional do Monte Rushmore


Um hall com as bandeiras dos estados americanos leva ao mirante


Binóculos ajudam a observar a perfeição das esculturas gigantes


OS PRESIDENTES

O artista e construtor, Gutzon Borglum, escolheu esses quatro presidentes para sua obra pois considerava que eles representavam os eventos mais importantes da história dos Estados Unidos. George Washington liderou os colonos na Guerra Revolucionária Americana para obter a independência. Ele foi o pai do novo país e lançou as bases da democracia. A sua figura é a mais proeminente na montanha e representa o nascimento dos EUA. Thomas Jefferson foi o principal autor da Declaração da Independência, um documento que inspira democracias em todo o mundo. Ele representa o crescimento dos Estados Unidos. Theodore Roosevelt foi um grande líder responsável pelo rápido crescimento econômico ao entrar no século XX e foi fundamental na negociação da construção do Canal do Panamá. Ele representa o desenvolvimento dos EUA. Abraham Lincoln manteve a nação unida durante o seu maior julgamento, a Guerra Civil. Ele representa a preservação dos EUA.

O Monte Rushmore é um memorial patriota sobre aqueles presidentes construíram a nação


George Washington, primeiro presidente


Thomas Jefferson, terceiro presidente


Theodore Roosevelt, vigésimo sexto presidente


Abraham Lincoln, décimo sexto presidente


A CONSTRUÇÃO

A construção iniciou com a primeira explosão em 1927 com 400 homens trabalhando em verões quentes e invernos frios para criar essa escultura a quase 150 metros na encosta da montanha. Mais de 90% da montanha foi esculpida usando dinamite. Os acabamentos dos rostos foram feitos com uma britadeira. Os operários se penduravam do alto da montanha em cadeiras presas por cabos de aço. Apesar do trabalho perigoso e com recursos primitivos, durante os 14 anos de construção, nem uma única pessoa morreu. O memorial foi oficialmente declarado completo em 31 de outubro de 1941.

A escultura foi feita a 150 metros de altura


Hoje, o memorial também possui programas com os rangers


Pessoas fazem fila para entrar num buraco que servia de abrigo para os operários


De dentro da pequena gruta há uma fenda...


... é uma um ângulo diferenciado da escultura de George Washington


Placas explicativas dão informações sobre cada presidente


Uma trilha curta passa próximo a base do monte


Cerca de 400 operários trabalhavam por 24 anos e não houve nenhuma morte


MUSEU MEMORIAL

Pedi para tirar foto com um velho ranger típico, mas ele disse que não era permitido tirar foto deles. Será que não foi com a minha cara? Bem, preferi seguir para um pequeno museu localizado abaixo do mirante. Ali estão informações detalhadas da construção, inclusive objetos históricos. Os planos originais de construção previam esculpir os presidentes da cabeça aos pés. Quando Borglum morreu repentinamente em julho de 1941, seu filho, Lincoln, tentou continuar o trabalho de seu pai, mas o financiamento acabou quando os Estados Unidos entraram na Segunda Guerra Mundial. O modelo original que inspirava Borglum pode ser visto no estúdio do escultor localizado no Memorial.

Pequeno museu memorial que reúne a história de construção


Maquete com detalhes de relevo no Monte Rushmore


Painéis explicativos de cada presidente


Comparação com outros monumentos famosos da humanidade


A escultura original que inspirava Gutzon Borglum na construção


Foto das obras ainda em andamento


'CRAZY HORSE

A cerca de 30 km do Monte Rushmore existe outro monumento parecido, mas dessa vez de um líder guerreiro da tribo indígena Dakota, conhecido como Crazy Horse (cavalo louco), que lutou contra o governo federal durante a segunda metade do século XIX, nas chamadas Guerras Indígenas. A atração está em terra indígena e se encontra parcialmente esculpido. O projeto de construção está em andamento há mais de 60 anos baseando-se exclusivamente em doações privadas e no valor da entrada de visitantes. Para economizar, eu não entrei, apenas observei de longe (sim, dá para ver da estrada!). Mais informações no site https://crazyhorsememorial.org/pricing-and-admission.html

Crazy Horse foi um líder guerreiro dos índios Dakota


A escultura do índio está sendo feita há mais de 60 anos


Os visitantes não podem ir até a montanha, somente em vans até um ponto de observação


A escultura supera o tamanho de Rushmore e pretende ser a maior do mundo


MEU ROTEIRO

Anterior: DEVILS TOWER

Roteiro completo: MISSÃO OESTE AMERICANO

Próximo: DENVER


Siga A Mochila e o Mundo:



Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 36 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações