Inicio » , , , » EUA: O exótico e incrível Parque dos Arcos em Utah

EUA: O exótico e incrível Parque dos Arcos em Utah

O lar da maior concentração de arcos naturais do mundo


O Parque Nacional dos Arcos é uma área no estado do Utah com a maior concentração de arcos naturais do mundo, com mais de 2.000 arcos de arenito. As falhas nas rochas foram sendo erodidas e criando formações curiosas ao longo de milhares de anos. Considero que este é um dos lugares mais fotogênicos que estive no estado do Utah.


COMO CHEGAR?

A partir da cidade de Denver, no Colorado, me desloquei por 560 km de carro até o Parque dos Arcos, no Utah. A paisagem verde vai mudando aos poucos. Fiz uma parada no caminho para fazer compras no supermercado Walmart da pequena cidade de Frisco. Sem querer, descobri uma cidade aconchegante, com estações para ski no inverno e canoagem no lago no verão. Durante toda a road trip usei o App Google Maps do smartphone com o GPS da rede de dados do Easysim4u para me orientar.

Paisagem verde diminuindo no caminho para o Utah


Não é uma loja de armas, é o supermercado Walmart nos EUA


Quer embrulhar para presente, patrão?


PARQUE NACIONAL DOS ARCOS

O parque está aberto diariamente e é muito movimentado entre março e outubro, então nesses meses se recomenda entrar antes das 8h ou depois das 15h.  Cheguei por volta das 14h no calor infernal do mês de agosto e, apesar de estar movimentado, não achei que estivesse lotado. A entrada custava 30 USD por carro. O centro de visitantes possui água potável e um pequeno museu geológico explicativo sobre a formação dos arcos. Mais informações no site https://www.nps.gov/arch/index.htm

Placa de entrada no Arches National Park


Centro de visitantes


Além de amostras dos tipos de rocha, o museu tem uma cópia de arco


A próxima etapa foi partir para a exploração do parque. Como a área tem cerca de 2 mil arcos, é necessário planejar o tempo de forma a visitar aqueles mais famosos e exóticos. O deslocamento do Centro de Visitantes até o outro extremo do parque, o Devil's Garden, é de 30 km. A paisagem do caminho já vale a pena o passeio. Há a opção de acampar no parque, mas deve ser reservada com antecedência de meses, principalmente na alta temporada. 

A paisagem do parque é um efeito visual surpreendente


Formação chamada de Three Gossips, traduzida como Três Fofoqueiras


Não somente os arcos são as atrações do parque


A Balanced Rock é uma das atrações que pode ser vista da estrada, a 15 km do início


DEVIL´S GARDEN

O Devil´s Garden é uma área com várias formações rochosas que lembram um jardim de esporas. Está localizada no final da estrada principal do parque. Existe uma área de acampamento (uso mediante reserva), banheiro e bebedouro. Antes de iniciar a trilha lembre de levar água (tem bebedouro no local), o calor pode causa problemas.

Placa recomenda levar 2 litros de água para fazer a trilha completa


Uma "árvore" no meio do Jardim do Diabo


Paisagem desértica com grandes pedras de arenito


Formações rochosas que são comparadas a barbatanas


Essas formas começaram a ser esculpidas há cerca de 300 milhões de anos


Já existiu um mar nesse local há milhares de anos


LANDSCAPE ARCH

Depois de 1,3 km na trilha do Devil´s Garden, cheguei no fabuloso Landscape Arch (arco panorâmico), o arco mais fino do parque e um dos mais longos do mundo, com um vão de 88 m de altura e apenas 1,8 m de espessura perto de seu centro, sendo o maior arco do parque. As cercas impedem de se aproximar deste arco pelo risco de desabamento.

É impressionante ver como um arco tão fino e longo se mantém de pé


OUTROS ARCOS

Ao longo da via principal do parque, existem estacionamentos localizados no início das trilhas. Basta ir parando e fazer curtas caminhadas na areia para chegar em diferentes tipos de arcos, como o Skyline Arch, Double Arch, Broken Arch, Sand Dune Arch, The Windows, etc.

Skyline Arch (arco do horizonte)


Toda hora é uma surpresa exótica na paisagem


Algumas trilhas passam pelos cânions formados pelas pedras


Em meio às dunas de areia está o Sand Dune Arch


DELICATE ARCH

O arco mais famoso do parque (e talvez do mundo), o Delicate Arch é um dos símbolos do estado do Utah. Existem duas maneiras de ver o arco, a mais fácil é através do Lower Viewpoint, um mirante próximo da estrada, e a maneira de conhecer "com emoção" é através de uma trilha de 4,8 km (ida e volta) até o arco. É claro que eu escolhi a segunda! A trilha começa em Wolfe's Ranch a casa histórica que foi sede da propriedade dessa área no final do século XIX. Ali perto existe uma rocha com pinturas rupestres.

Desenhos rupestres próximos de Wolfe's Ranch


Subida de 146 m de elevação na trilha até o Delicate Arch


A trilha sobe por uma elevação de 146 metros e o calor desértico é extenuante, por isso se recomenda levar água. O melhor horário para fazer a trilha é próximo do pôr do sol por ter um clima menos hostil e oferecer as melhores oportunidades de fotografia.

Várias pessoas buscam o horário do pôr do sol para visitar o arco


O Delicate Arch tem 16 m de altura e no ponto mais estreito tem uma espessura de 2 m


PERNOITE NA REST AREA

Terminei a trilha já de noite. Passei no Centro de Visitantes para abastecer as garrafas de água e peguei estrada para procurar um local de pernoite sem gastar dinheiro. Desloquei por mais 30 km até uma Rest Area (Área de Descanso). Veja aqui a localização no Google Maps. Em algumas highways americanas, existe esse tipo de área de estacionamento para carros e caminhões viajantes com banheiro, água e algumas facilidades. Tudo de graça e bem limpo!

Área de descanso para viajantes com banheiro, bebedouro, mapas e máquina de bebidas


Tudo muito limpo e conservado, e o melhor, de graça!


MEU ROTEIRO

Anterior: DENVER

Roteiro completo: MISSÃO OESTE AMERICANO

Próximo: MESA VERDE


Siga A Mochila e o Mundo:





Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 36 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações