Inicio » , , , » Ucrânia: O balneário do Mar Negro em Odessa

Ucrânia: O balneário do Mar Negro em Odessa

Explorando o litoral cheio de atrações e com animais marinhos


Desde a antiguidade, o mar sempre teve uma importância na vida cotidiana da cidade de Odessa, através de comércio ou guerras, mas atualmente o mar só traz alegria com suas praias e entretenimentos à beira do Mar Negro. Para explorar aquele litoral, resolvi ir para a praia mais distante e retornar a pé até o centro histórico. Foram cerca de 5 km de caminhada, nada de absurdo 😉.


COMO CHEGAR?

Para começar minha caminhada pelo litoral eu teria que me deslocar até a Praia de Arcadia, uma das mais movimentadas e também a mais distantes do centro. A maneira mais econômica e bem tranquila de chegar lá é utilizando o bonde elétrico N°5. Arcadia fica no ponto final da linha. A linha 5 não passa no centro histórico de Odessa, eu embarquei em frente a Estação de Trem, neste ponto.

O preço da passagem no bondinho foi 30 Hryvnia (R$ 3,60)


Os bondes elétricos são velhos mas limpos e com pessoas civilizadas


ARCADIA BEACH

A mais badalada praia de Odessa tem acesso através de um calçadão cercado de lojas, bares, restaurantes, night clubs e outras atrações. Um lugar bem diferente daquela Odessa histórica que eu estava vivendo no centro da cidade. Os melhores resorts de luxo estão nessa região.


Portal que dá acesso ao calçadão até Arcadia Beach


Um ambiente moderno e cercado de resorts de luxo



Pois é, o Burguer King da Ucrânia se chama Big Burguer 😕


No final do calçadão, já chegando à beira mar, existe um parque aquático na esquina chamado Hawaii, que funciona diariamente das 9h às 19h. Ali é o ponto que bifurca para a Ibiza Beach (direita) e Arcadia Beach (esquerda). É uma área de badalação, com muitos bares e pouca faixa de areia.


Entrada do parque aquático Hawaii


Segui andando pela praia de Arcadia que é fracionada em praias menores, com estreita faixa de areia, ocupada por espaços dos hotéis e por casas noturnas. Percebi que a água ali possui muito musgo e algas, perde de longe para a beleza das águas brasileiras.


O verão europeu atrai muita gente para o litoral do Mar Negro



Curioso: as europeias não gostam de marca de biquíni 😮


A curta faixa de areia e as algas demonstram que Arcadia Beach é boa só para balada, pelo menos para os brasileiros



DOLPHIN BEACH

Depois de Arcadia, o caminho que beira as praias é perfeito para pedalar. É uma longa ciclovia que passa num terreno mais alto do que a areia, havendo mirantes das praias em alguns pontos. Nessa área se passa pela Dolphin Beach e outras praias menores que são mais tranquilas do que a badalada e superlotada Arcadia.

Em alguns pontos existem mirantes das praias


Quanto mais distante de Arcadia, mais tranquilas são as praias


PRAIA DE NUDISMO

Existem duas praias de nudismo entre Dolphin e Arcadia, perto de Chkalovskyi sanatorium. A primeira cheia de pedras e pessoas estranhas e a segunda mais familiar.

Seguindo por uma trilha é possível observar a praia de nudismo do alto


VIDRADA BEACH

Por um longo trecho o caminho passa por meio da mata, não sendo possível ver o mar, isso devido a ser uma região de Yate Clube. Quando os Cable Cars aparecem no caminho é sinal de que está chegando em Vidrada Beach. Ao observar uma placa de restaurante com detalhes da bandeira do Brasil, resolvi ir até lá ver se acharia algum brasileiro. Acabei almoçando naquele restaurante, mas nenhum funcionário sabia explicar o motivo daqueles traços da bandeira.

O Cable Car cruza o caminho em direção à praia


O restaurante Puo tem como logomarca duas sandálias cravadas na areia que formam a bandeira do Brasil, mas ninguém sabia o motivo


OTRADA BEACH

Logo depois de Vidrada começa a Otrada Beach, marcada pelo letreiro na Yellow Stone. A partir dessa praia a civilização começa a se aproximar novamente e dá para perceber que está perto do centro, com diversos restaurantes, bares e pessoas disputando espaço na areia.

A Yellow Stone é o símbolo de Otrada Beach


DOLPHINARIUM NEMO

Localizado próximo ao centro de Odessa, o Nemo está entre os 5 melhores da Europa. O mais interessante é que o Dolphinarium Nemo não é apenas uma casa de shows aquáticos, mas também é um resort voltado para o tratamento médico através de um programa de terapia com golfinhos que trabalha problemas de estresse e reabilitação de crianças com distúrbios do desenvolvimento. Mas naquela tarde eu estava lá para ver o show! O Dolphinarium funciona diariamente de 10h às 20h (até 23h aos sábados) e me custou 300 Hryvnia (R$ 35) a entrada.


Externa ao dolphinarium, há uma área de duchas que refrescam os banhistas


Nemo é considerado um dos melhores shows de golfinhos e outros marinhos animais na Europa


No verão, o dolphinarium recebe até 1.000 visitantes por dia


Um dos momentos mais exóticos: um leão marinho dança com uma menina


Dizem que "se Odessa é a pérola do Mar Negro, Nemo é a pérola de Odessa"


Os golfinhos mostram a inteligência em diversas performances com as treinadoras


Golfinhos impulsionando a treinadora ao ar!


Parecem efeitos especiais, mas são golfinhos treinados que fazem isso


Combinação da capacidade de adestramento e do equilíbrio


Depois do show, a caminhada beirando o Mar Negro


MONUMENTO AO MARINHEIRO DESCONHECIDO

No final do percurso pelas praias existe um parque arborizado, já no caminho para a cidade, que a exemplo do que temos em vários lugares do mundo, inclusive em Kiev e até mesmo no Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro que existe o popular "Monumentos dos Pracinhas" em que o túmulo do soldado desconhecido representa, na verdade, todos os soldados que lutaram na guerra, em Odessa não é diferente. Bem, em Odessa é diferente sim. Por ser uma cidade portuária importante para o país, existe o Monumento do Marinheiro Desconhecido em homenagem à todos aqueles que perderam a vida lutando no Mar Negro.


Um obelisco avermelhado é o monumento em homenagem aos que morreram em combate


Uma chama permanece acesa aos pés do monumento


Diferente do Brasil, não há soldados protegendo o monumento. Todos respeitam a existência daquela construção simbólica


CUSTOS (agosto de 2017)

- Bonde elétrico - 30 Hryvnia
- Sorvete + 1,5 água - 45 Hryvnia
- Pizza - 72 Hryvnia
- Dolphinarium Nemo - 300 Hryvnia

Total:  457 Hryvnia (R$ 54)


MEU ROTEIRO

Anterior: ODESSA

Roteiro completo: MISSÃO UCRÂNIA-ROMÊNIA

Próxima: CATACUMBAS

Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações