Inicio » , , , » Suécia: O que fazer em 1 dia na capital Estocolmo

Suécia: O que fazer em 1 dia na capital Estocolmo

Principais atrações visitadas na passagem pela capital sueca 


Planejei meu roteiro para uma viagem pela Noruega e na hora de comprar a passagem ficou mais barato chegar por Estocolmo (Suécia). Esse foi o bônus e a primeira vez que eu pisava em um país da Escandinávia, mas teria apenas 1 dia para visitar a cidade e já pegar outro vôo para o norte da Noruega.


TRANSPORTE DO AEROPORTO

Cheguei por volta das 23h30 na Suécia através do Aeroporto de Arlanda que fica a 40 km ao norte da cidade de Estocolmo. Para chegar no centro da cidade existem as seguintes opções (sem considerar o táxi que é muito caro):

The Arlanda express - O trem expresso de Arlanda leva você do Aeroporto de Arlanda para o centro da cidade. A plataforma é facilmente acessível embaixo dos terminais de chegada. Partida a cada 15 minutos (durante a maior parte do dia). Tempo de viagem: 20 minutos.

Flygbussarna Airport Coaches - Os ônibus de aeroporto Flygbussarna partem a cada 10-15 minutos entre o aeroporto de Arlanda e o terminal da cidade (localizado próximo à estação central). Tempo de viagem: 35-45 minutos.

Trens suburbanos - Operados pela empresa de transporte público em Estocolmo SL. Para Estocolmo partem duas vezes por hora da Estação Central de Arlanda, em Sky City. O tempo total de viagem entre o aeroporto e a Estação Central de Estocolmo é de 43 minutos.

Há também várias empresas que operam ônibus de Arlanda, por exemplo, Flixbus e Nettbus.

Ônibus Flygbussarna que liga o aeroporto ao centro


Por que é proibido entrar numa loja usando chapéu com chifre?


ESTOCOLMO A PÉ

Fiquei hospedado no First Hotel Fridhemsplan que se localiza próximo da parada St Eriksplan (penúltima parada do ônibus Flygbussarna no trajeto Aeroporto x Central Station). No dia seguinte me surpreendi com o café da manhã em que o suco é escolhido no tablet. Já de barriga cheia, segui para explorar a cidade a pé. As principais atrações se encontram nas proximidades de 3 ilhas:

- Djurgarden: A mais distante e conhecida como ilha dos museus. As principais atrações são o Museu Nórdico (Nordiska Museet), o Museu do Vasa (Vasamuseet), o ABBA The Museum, o museu a céu aberto Skansen e o parque de diversões Gröna Lund;

- Skeppsholm: A ilha central cujas principais atrações são a Ponte Skeppsholm e o Museu de Arte Moderna (Moderna Museet);

- Stadsholmen: É a ilha em que está a parte histórica chamada Gamla Stan (cidade velha) onde nasceu Estocolmo e onde estão as principais atrações da cidade.

Café da manhã de alta tecnologia com sucos selecionados no tablet


Conselho Municipal de Estocolmo


Outra atração da cidade é a possibilidade de navegar nos canais históricos do arquipélago de Estocolmo através do tour de barco da Strömma, localizada no porto Klara Mälarstrand. Outra opção de passeio de barco é navegar a bordo do M/S Östanå I, construído em 1906, ou do S/S Stockholm, construído em 1931. Ponto de Encontro no porto de Strandvägen cais 15 ou 16, bem em frente ao Hotel Diplomat. O passeio dura 2h30min e custa 305 SEK.

Guichê do tour de barco no porto Klara Mälarstrand


Construções históricas de Estocolmo


MUSEU DO VASA

O Museu do Vasa (Vasamuseet) foi a atração que considerei a mais interessante e original de Estocolmo. O Vasa foi um navio de guerra construído no século XVII que foi feito para apresentar ao mundo o poder da Suécia, mas afundou logo em sua viagem inaugural. Entre os anos 50 e 60,  o navio naufragado foi localizado e trazido à tona para ser restaurado. A entrada do museu foi cara (150 SEK, cerca de R$ 70!). Fica localizado na ilha de Djurgarden (veja no Google Maps) e eu fui a pé até lá.

Após 333 anos no fundo do mar o navio de guerra Vasa foi recuperado


Construído no reinado de Gustavo Adolfo II, onde trabalharam 400 pessoas, mulheres e homens


A partir de 24 de abril de 1961 o Vasa foi levado à superfície com mais de 14 mil partes soltas


Detalhes da arte em madeira do Vasa


Das 150 pessoas que se encontravam a bordo no naufrágio, pelo menos 30 morreram 


O navio media 52 metros de altura, 69 metros de comprimento e pesava 1200 toneladas


Réplica do Vasa de quando foi construído com a pintura original


Representação dos trabalhos submarinos para recuperar o navio naufragado


Maquete que mostra o interior do navio e como o peso era distribuído para haver estabilidade


MUSEU HISTÓRICO

O Museu de História Sueca (Historiska museet) é um dos maiores museus do país com arte medieval e descobertas de uma das batalhas mais violentas da história sueca: a Batalha de Gotland (1361). A exposição viking oficial estava fechada para reforma, porém uma exposição infantil estava aberta no jardim central do museu. É claro que me juntei com as crianças. A entrada foi de graça!

Entrada do Museu de História Sueca


Uma estela com arte medieval


Testando um capacete viking. Fiquei bonito?


As crianças se divertindo e aprendendo nas exposições dos costumes vikings


CIDADE VELHA

Gamla Stan é a cidade velha onde nasceu a cidade de Estocolmo construída sobre a ilha de Stadsholmen. Ali fica a área mais antiga da cidade que data do século XIII e consiste de becos medievais, ruas pavimentadas com pedra e arquitetura antiga, igrejas e praças.

Vista da cidade nova a partir do caminho para Gamla Stan


Catedral de São Nicolau de Estocolmo (Stockholms Domkyrka)


Ruas estreitas na cidade velha de Estocolmo


A ruas são cercadas de comércio e lojas de lembranças


PALÁCIO DE ESTOCOLMO

O Palácio de Estocolmo é a residência oficial da família real sueca e onde ficam os gabinetes administrativos da Corte Real. É possível fazer visitas livres no pátio interno e na capela real. Para entrar nos aposentos reais para ver as jóias da coroa e museus com obras da coleção real, consulte no site https://www.kungligaslotten.se/english.html.

No passado, o palácio foi uma fortaleza


O acesso é livre ao seu pátio central


Capela Real no interior do palácio


Arquitetura e arte na Capela Real



Início da troca da guarda na fachada sul do Palácio Real


A cerimônia se inicia às 13h15


 STORTORGET

Para finalizar minha exploração na cidade, visitei a Stortorget (Grande Praça) que é a mais antiga da cidade e seria o centro no qual teria surgido a cidade velha. Na Idade Média acontecia a venda e troca de produtos, mas depois de vários incêndios, só sobraram construções do século XVI. Na praça está o Museu Nobel (Nobelmuseet), sobre a famosa premiação, onde ficava o prédio da bolsa de valores de Estocolmo.

Belas e preservadas casas de comerciantes do século XVI


Museu Nobel de Estocolmo


Se liga na bandeira! Achei um artista brasileiro tocando na praça


RETORNO AO AEROPORTO

Para retornar ao Aeroporto de Arlanda utilizei o mesmo meio que usei na chegada. Me desloquei até a parada St Eriksplan que fica perto do parque Vasaparken. Lá eu me informei e encontrei o local exato para pegar o ônibus Flygbussarna. No aeroporto deu tudo certo e consegui embarcar para a Noruega onde começaria a aventura!

Ponto de ônibus do Flygbussarna


MEU ROTEIRO


Roteiro completo: MISSÃO NORUEGA

Próximo: LOFOTEN



Siga A Mochila e o Mundo:





Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 37 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações