Inicio » , , , , , » Cuba: Varadero, a praia cubana mais frequentada pelos turistas

Cuba: Varadero, a praia cubana mais frequentada pelos turistas

Praias calmas, águas transparentes e limpas em um lugar simples


Varadero é a praia mais famosa e turística de Cuba pela proximidade com a capital Havana, recebendo visitantes internacionais desde os anos 70. É um lugar para todos os gostos pois possui como hospedagem grandes resorts, hotéis antigos e casas particulares de cubanos. Fiquei no centro urbano de Varadero e minha intenção era conhecer mais do que as praias.


COMO CHEGAR?

Como eu estava em Cayo Santa Maria, que fica a 290 km de Varadero, não foi fácil (nem barato) chegar lá. Existem ônibus de agências de turismo estatais que fazem transfers entre as duas localidades e cobram 25 CUC por pessoa (essa é a maneira mais barata). O transfer tem que ser reservado até 12h00 do dia anterior e, como eu não sabia, acabei perdendo. Tive que dividir um táxi que cobrava 140 CUC a corrida até Varadero. Saí por volta de 16h00 e cheguei às 20h00 em Varadero, já escurecendo. 

 
Varadero é repleta de carros antigos bem preservados


ONDE FICAR?

Reservei na internet o Hotel Gran Caribe Sun Beach (link no Booking.com), o all inclusive mais barato disponível. Saiu cerca de 90 dólares por 2 diárias com tudo incluso. O hotel, na verdade, parece algo decadente que já teve tempos de glória no passado. Tem uma boate na cobertura (a partir das 23h), show da noite na piscina (a atração mais divertida) e um bar na beira da praia incluso. Tudo muito simples.

Boate na cobertura do hotel


Open bar perto da piscina sem muita variedade


Hotel Gran Caribe Sun Beach pela manhã


CIDADE DE VARADERO

Na manhã do dia seguinte fui explorar a cidade de Varadero. Diferentemente de Cayo Santa Maria, Varadero possui um centro urbano com casas. É possível ficar hospedado em casas particulares também. Já os resorts ficam distantes do centro. Comecei a longa caminhada pela Avenida Primera, passando pelo Parque Central, pela Iglesia Santa Elvira e pelo Monumento a los Martires.

Carro de um fã de Fidel Castro


A Igreja de Santa Elvira guarda a arquitetura colonial


Do lado da igreja está o Monumento a los Martires


O monumento lembra um estilo soviético


Mercadinho cubando bem "arrumado"


Dei uma passada pelo maior Mercado de Artesanatos de Varadero. Não comprei nada, mas é interessante apreciar a arte local. Para quem gosta de levar uma lembrança, é um dos melhores locais para conseguir variedade de produtos.

Mercado de Artesanatos


Figuras regionais feitas pelos artesãos de Varadero


Os conversíveis estão disponíveis para quem quer fazer um tour pela cidade


O final da caminhada foi no Parque Josone, um parque no meio de Varadero com jardins botânicos, violetas em miniatura, pássaros, restaurantes com música, lagos, pontes, pedalinhos, papagaios, flamingos e muito mais. O parque é fruto da criação de um casal romântico: José e Onelia cujos nomes combinados dão origem ao nome do parque (Josone). Entrada gratuita.

Lago no meio do Parque Josone


Local para quem quer passear de pedalinho e apreciar uns restaurantes


Carros coloridos de Varadero


VARADERO BEACH TOUR

A segunda etapa de exploração por Varadero foi nos pontos mais distantes, onde estão localizados os resorts. Para isso embarquei no Varadero Beach Tour, o ônibus turístico tradicional de dois andares que percorre toda a península. É possível embarcar em vários pontos sinalizados com uma plaquinha na Avenida Primera, e o trajeto segue em linha reta pela Autopista del Sur, que margeia a Baía de Cárdenas e desvia em algumas ruas menores que levam aos hotéis. O percurso completo dura quase 2 horas. O valor foi de 5 CUC e pode embarcar e desembarcar durante todo o dia.

Varadero Beach Tour


DuPont Water Castle


O percurso total do itinerário de ida é aproximadamente de 20 km, parando nos principais resorts. O ônibus também passa pela Mansão Xanadu, uma antiga casa de um milionário americano que comprou metade da ilha por uma ninharia na década de 20 e fugiu de Cuba após a Revolução. A casa hoje é um restaurante próximo ao campo de golfe. O ônibus ainda passa pelo Delfinario (golfinhos) e pela Cueva de Ambrosio, até chegar na Meliá Marina Varadero, um lugar cheio de lojas e restaurantes que são totalmente fora da realidade do país.

Meliá Marina de Varadero


A realidade dessa Marina é completamente diferente da vida do povo cubano


PRAIA DE VARADERO

E na parte da tarde foi a hora de conhecer o cartão de visitas de Varadero: a sua praia. Ali perto do hotel mesmo fiquei até o sol se pôr. As águas são azuis e transparentes, bem rasas e com pequenas ondas constantes. A areia é bem limpa e o ambiente tranquilo. Tudo perfeito para uma praia caribenha.

Tranquilidade da praia de Varadero


Águas azuis, transparentes e limpas


Ao cair a noite, fui assistir o show diário oferecido no hotel. Na noite anterior foi um show de perguntas e respostas, já na segunda noite foi um show de danças típicas cubanas. Tudo bem simples e divertido. No dia seguinte acordei cedo para ver a praia com o sol nascendo.

Grupo cubano em show de danças típicas oferecido pelo hotel


Praia de Varadero durante o nascer do sol


Café da manhã do hotel no estilo all inclusive


PARTIDA PARA HAVANA

Fiz o check out no hotel ao meio dia e segui andando para o Terminal de Ómnibus de Varadero (veja a localização neste link) com destino à Havana. Ao entrar no terminal está o guichê dos ônibus nacionais. Para viagens de turistas, o guichê correto é da Viazul, entrando no corredor à direita. Como não fiz reserva pelo site da Viazul, tive que esperar até 10 min antes do embarque para o funcionário da Viazul confirmar que haviam vagas. Pediu meu passaporte e o dinheiro (não tem máquina de cartão). A viagem durou 3 horas (150 km) e custou 10 CUC. Também existem táxis coletivos do lado de fora do terminal que esperam lotar e custam de 15 a 20 CUC por pessoa.

Sala da Viazul no Terminal de Varadero


Os ônibus são simples, porém confortáveis e limpos


Passagem pela cidade de Matanzas no percurso


MEU ROTEIRO

Anterior: CAYO SANTA MARIA

Roteiro completo: MISSÃO CUBA

Próximo: HAVANA


Siga A Mochila e o Mundo:





Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 37 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações