Inicio » » Casal de idosos vende tudo e planeja viajar o mundo de moto

Casal de idosos vende tudo e planeja viajar o mundo de moto

Eles decidiram que nunca se é tarde demais para dar a volta ao mundo



Se você já pensou em largar tudo e partir numa viagem de volta ao mundo mas, na hora H, desistiu porque se acha velho para essas coisas, você precisa conhecer a história deste casal nascido no Uruguai. Serafim Fernandéz (72 anos) e Shirley Elena (70 anos) são casados e vivem no estado do Maranhão há 40 anos. Os dois são formados em hotelaria e turismo e sempre trabalharam nessa área. Eles nunca tiveram filhos e assim acumularam patrimônio. Foi então que decidiram vender todos os seus bens para investir numa motocicleta e partir em viagem pelo mundo sem data para acabar.

Em entrevista para o G1, Fernandéz afirmou: “Me sinto livre pela primeira vez porque a gente sempre cuidou dos outros, fazendo serviços para outros, com qualidade. Tudo tinha que ser certinho. Hoje nós continuamos fazendo as coisas direito, mas para a gente e de uma forma espontânea. Se precisamos parar em qualquer lugar, paramos, descansamos, se precisamos dormir, dormimos. Não temos data, horário, nada. A gente está só andando“.

A lição que aprendemos com esse casal é que nunca é tarde demais para começar a realizar seus sonhos. E você, conhece alguém que gostaria de levar numa aventura assim? Compartilhe essa história com ela.

Serafim Fernandéz (72 anos) e Shirley Elena (70 anos)



Siga A Mochila e o Mundo








Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 36 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações