Inicio » , , , , » Paraguai: Dicas para visitar e comprar em Ciudad del Este

Paraguai: Dicas para visitar e comprar em Ciudad del Este

A segunda maior cidade do Paraguai e a sua fronteira comercial caótica


Ciudad del Leste é a segunda cidade mais populosa do Paraguai, perdendo apenas para a capital Assunção (742 mil hab), e é a terceira maior zona franca de comércio do mundo, perdendo apenas para Miami e Hong Kong. Quem agita esse comércio são brasileiros, paraguaios e até coreanos atraídos pelos baixos preços dos produtos comercializados na cidade que é responsável por 10% do PIB paraguaio, cujo total é de 3 bilhões de dólares.


COMO CHEGAR?

A maneira mais fácil e comum de um brasileiro chegar lá é atravessando a Ponte da Amizade vindo de Foz do Iguaçu, mas não era o meu caso que vinha explorando as ruínas das missões jesuíticas no interior do Paraguai. Ainda no Km 31 da Ruta 6, na estrada que liga Encarnación a Ciudad del Este, esperei em um ponto de ônibus no acostamento até avistar um ônibus que seguia em direção a fronteira com o Brasil. Foram 5 horas de viagem e G$ 50.000 o valor da passagem. O ônibus mantinha o padrão de mal conservação, mas a viagem foi tranquila. 

Shopping del Este fica bem na fronteira, mas não possui os melhores preços


Cheguei no Terminal de Buses de Ciudad del Leste depois das 18h, isso me causou um gasto a mais. Como eu pretendia seguir para pernoitar no Brasil, teria que pegar um transporte até Foz. Existe um ônibus de linha que faz o trajeto entre as rodoviárias de Foz e de Ciudad del Leste, mas o último sai às 18h!!! Tive que pegar um táxi e não tem como fugir do preço que é tabelado (R$ 50).

Atravessando a Ponte da Amizade para pernoitar no Brasil com o trânsito engarrafado


O LADO CAÓTICO DO PARAGUAI

A maioria dos brasileiros conhece o Paraguai através da caótica Ciudad del Leste e fica com uma má impressão do país, achando que todo o território é desorganizado daquele jeito. A verdade é que essa região de fronteira é mesmo tumultuada, mas a própria cidade muda mais para dentro, digamos que a cerca de 3 km da fronteira, com praças e condomínios residenciais mais organizados. Muitos brasileiros moram lá.

A Ponte da Amizade parece estar sempre engarrafada


Depois de pernoitar em Foz do Iguaçu e visitar as Cataratas pela manhã, retornei ao Paraguai para continuar a aventura naquele país. Antes de seguir novamente em direção a Assunção, desembarquei em Ciudad del Este para tentar fazer algumas compras.

A ponte passa sobre o Rio Paraná


5 DICAS PARA VISITAR E COMPRAR EM CIUDAD DEL ESTE

1) TRANSPORTE - Existe um ônibus internacional que sai da Rodoviária de Foz e custa R$ 5 até a rodoviária de Ciudad del Este. Este ônibus sai com muita frequência e passa pela avenida principal do comércio paraguaio, a Av. San Blás, sendo possível desembarcar no ponto que quiser e também voltar para o Brasil no sentido inverso. Outra forma de chegar a partir de Foz é pegar um ônibus urbano e descer perto da Ponte da Amizade e atravessar andando (R$ 3,20). No lado paraguaio ainda existe os táxis (sem taxímetro, o preço é combinado na rua), os moto táxi e até tuc tuc pode ser encontrado.

Um tuc tuc paraguaio nas ruas de Ciudad del Este


2) RUAS - Você deve ter atenção ao caminhar ou atravessar nas ruas, principalmente a avenida San Blás, de acesso a ponte, devido ao fluxo caótico de veículos, especialmente de motos. Faixas de pedestres quase não existem e as calçadas são tomadas por barracas. Sem falar nos vendedores chatos que tiram a sua atenção.

As calçadas são repletas de camelôs que vendem de tudo


3) LOJAS - O comércio funciona das 7h às 17h e existe uma infinidade de lojas, camelôs e vendedores chatos assediando nas calçadas, com produtos originais e falsificações, por isso, vá preparado para passar o dia garimpando em meio a confusão ou siga essas dicas de lojas mais confiáveis (com link): Uma grande loja de departamento (roupas, perfumes, cosméticos, eletrônicos, etc.) é a Monalisa, a qualidade é boa mas os preços não são tão baixos, e ainda possui um restaurante. Para cremes e perfumes ainda tem Shopping Hill, SAX e Shopping China. Para compras de eletrônicos e foto-filmagem, uma loja recomendada é a Monte Carlo. Outras no mesmo estilo são Nissei, Nave ShopMega Eletrônicos e Grupo BO. Para artigos de informática, tablets e celulares, procure a loja Nova Advance. Se você quer produtos de caça e pesca, GPS, etc, vá na Pirâmide.

Nissei, loja especializada em artigos de foto-filmagem


4) COMPRAS - O pagamento pode ser em dinheiro ou cartão. Os vendedores reconhecem os brasileiros e falam bem o português. Os produtos têm seus preços em dólares, mas se pode pagar em reais e guaranis se quiser. Cada loja tem sua própria cotação, é bom verificar. Atenção: Algumas lojas cobram um acréscimo de 10% para pagamento no cartão e sé te falam isso na hora de pagar. Fique ligado, porque você pode não perceber ao passar o cartão já com o valor convertido de dólares para guaranis. Cuidado com vendedores brasileiros, costumam ser malandros. A cota de compras é de US$300 para quem volta ao Brasil pela Ponte da Amizade. Todas as pessoas estão sujeitas a fiscalização ao chegar no lado brasileiro da ponte.

5) SEGURANÇA - Como todo lugar fronteiriço e caótico, é bom ter atenção especial em batedores de carteira. Evite andar sozinho em locais afastados do movimento do comércio, principalmente depois das 17h, horário que o comércio fecha. Lembre-se que a fronteira Brasil-Paraguai é lugar de tráfico de drogas. É normal ver em frente das grandes lojas alguns seguranças com armas longas.


RETORNO A ASSUNÇÃO

Depois de dar uma volta no comércio, peguei o mesmo ônibus internacional e cheguei na rodoviária de Ciudad del Este. Assim que desembarquei já haviam vários transportes saindo para Assunção, com lugares vendidos como numa feira, com vendedores gritando e tentando convencer o cliente a embarcar no seu veículo. Depois de tanta correria, mais uma viagem tranquila de ônibus. Meu jantar foi proporcionado pela vendedora de "Chipas" que entrou no ônibus.

A Chipa é uma rosquinha que lembra um pão de queijo, porém mais duro


CUSTOS (abril 2016)

- Ônibus para Ciudad del Este - G$ 50.000
- Táxi para Foz do Iguaçu - R$ 50
- Passagem para Ciudad del Este (ônibus de linha internacional) - R$ 5
- Passagem para Terminal de Cildad del Este - R$ 5
- Passagem para assunção - G$ 60.000
- Água 1,5L - G$ 5.000
- 3 Chipas - G$ 6.000


MEU ROTEIRO

Anterior: JESÚS DE TAVARANGUE

Roteiro completo: MISSÃO PARAGUAI

Próximo: CIUDAD DEL ESTE


Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações