Inicio » , , , , , » Turquia: Goreme e Zelve, os lugares mais exóticos da Capadócia

Turquia: Goreme e Zelve, os lugares mais exóticos da Capadócia

Caminhando do Museu ao Céu Aberto de Goreme até Zelve pelo deserto da Capadócia



Uma boa pedida para este dia é acordar cedo para fotografar os balões voando sobre a cidade. Mas como eu dormi tarde e já havia tirado milhares de fotos durante o vôo, desisti dessa tarefa. Acordei um pouco mais tarde, tomei café, me enchi de protetor solar, peguei meu chapéu e segui caminhando pela terra árida para meu último dia na Capadócia. Dica: prepare o protetor solar!

A placa na entrada de Goreme dá as boas vindas


UMA REGIÃO DE COISAS EXÓTICAS

Fui andando do centro de Goreme até o Museu ao Céu Aberto que fica a um pouco mais de 1,5 Km de distância, que pode ser feito de táxi ou carro por estrada asfaltada. No caminho até lá já se veem ótimas paisagens, como a árvore de “olho turco”, uma árvore montada artesanalmente com o objeto que afasta “o mal olhado” segundo os supersticiosos turcos.

Uma árvore de Olho Turco (artesanal) é atração no caminho do Museu a Céu Aberto 


Muitas coisas estranhas estão pelo caminho também... 


... como essa árvore de moringa de barro 


Os "apartamentos" nas pedras ainda são habitados por nativos 


Na Capadócia a natureza brinca de fazer obras de arte 


Antes de chegar no objetivo, se encontra a Igreja Tokali, inclusa no Capadócia Card, já se tendo uma ideia do que eu estava para conhecer no Museu a Céu Aberto.

 Paredes esculpidas da igreja de Tokali


MUSEU A CÉU ABERTO DE GOREME

O Museu ao Céu Aberto de Goreme é uma área ampla de construções escavadas nas rochas exóticas na Capadócia. Possui uma área delimitada e controlada com um centro de visitantes. Sua entrada é de 15 LT, ao menos que você compre o Capadócia Card que custa 45 LT e inclui também o acesso a Derinkuyu (15 LT), Kaymakli (15 LT), Igreja Tokali (8 LT), Igreja Escura (8 LT) e o Vale de Zelve (8 LT).

Um museu ao ar livre de um complexo religioso cristão bem antigo


Mapa do Museu ao Céu Aberto de Goreme


As igrejas são todas feitas no interior das rochas


A imagem de São Jorge é muito comum na Capadócia


Tumbas de cristãos enterrados nas igrejas de pedra 


 Um dos esqueletos permanece lá até hoje


Imagens rústicas de santos, com destaque para São Jorge 


Esta região foi um lugar de passagem da fé cristã, desde São Jorge até os últimos cavalheiros das cruzadas. O local do museu, na verdade, é uma antigo centro religioso cravado nas pedras. Dentre outras igrejas escavadas, se destacam: Mosteiro de Kizlar, Çarikli Kilise (Igreja das Sandálias), Yilanli Kilise (Igreja da Serpente), Azize Barbara Kilise (Igreja de Santa Bárbara), Elmali Kilise (Igreja da Maçã) e Karanlik Kilise (Igreja Escura). Esta última a mais impressionante devido a sua posição que recebe pouca luz natural, acabou preservando bem os mosaicos e pinturas de seu altar (cobra-se a entrada a parte, por 8 LT ou uso do Capadócia Card). Algo que se pode observar é que a maioria das imagens pintadas se encontram com os rostos desfigurados, provavelmente por radicais árabes. Dentro das igrejas é proibido tirar fotografias.

 Em algumas igrejas, as pinturas já se encontram deterioradas


 Pintura de Santa Bárbara no altar de sua igreja


A Igreja Escura e de Santa Catarina (esquerda) e o refeitório (direita)


Entrada do refeitório dos monges


Interior do antigo refeitório  com o teto escuro pela fumaça


Mesa de refeição dos monges 


 Fachada externa da Igreja Escura


A impressionante Igreja Escura é a que possui melhor preservação por bater pouca luz


A entrada da Igreja Escura é cobrada a parte, mas também está inclusa no Capadócia Card


Grupos de turistas guiados estão por toda parte


ATRAVESSANDO O DESERTO A PÉ

Depois de do Museu ao Céu Aberto, resolvi ir andando até Zelve, um pouco loucura pois fica a cerda de 6 Km de distância (5 Km de Goreme), mas eu queria ter a noção de uma caminhada na terra árida da Capadócia. O calor era infernal, portanto, se alguém se aventurar leve água e protetor solar. Como eu me empolguei com a paisagem e resolvi na hora ir andando, não tinha muita água, mas comprei no caminho. As imagens falam por si:

A estrada de volta para a cidade, mas segui outro caminho pela direita 


A paisagem toda é dominada pelas pedras 


Uma estranha casa-caverna com placas de pedra colocadas como telhas 


Saindo da estrada, pela direita, existem várias trilhas rumo a Zelve


Algumas formações são enigmáticas, como esta que eu achei


Não se sabe se foi feito pelo homem ou pela natureza 


Foram cerca de 5 km de  caminhada num sol escaldante


 As formações mais típicas da região são as chamadas Chaminés de Fada


Depois de horas andando pela estrada, entrei numa trilha em frente um hotel que parece um castelinho. Ali fui parar numa área exótica, cheia das estranhas formações conhecidas como Chaminés de Fadas. Era o Vale de Pasabag, que é aberto ao acesso público e, em seu trecho mais movimentado, possui lojas e passagem de estrada (que vai para Zelve).

À direita do hotel Çavuşin Seramik continua a trilha


É como caminhar pelo solo de outro planeta 


As algumas cenas do antigo filme Star Wars foram filmadas na exótica região da Capadócia


Pasabag significa: a vinha de Pacha (general). Este lugar também se chama Vale dos Monges


Os eremitas viviam dentro das chaminés de fadas. Escavavam de cima a baixo, criando quartos com 10-15 m de altura


As pontas das formações foram causadas por lava vulcânica e a erosão atua diferente


RUÍNAS DE ZELVE

Já eram quase 18h00, horário de fechamento dos parques, e ainda faltavam quase 2 Km para chegar em Zelve. Já estava me conformando em não ter cumprido a missão. Foi aí que passou um carro e consegui carona até a entrada de Zelve! Faltavam poucos minutos mas consegui entrar e conhecer parte do parque, mas já não me surpreender tanto depois de conhecer o Museu a Céu aberto de Goreme e andar nas trilhas da Capadócia.

Para conhecer cada detalhe de Zelve, é necessário ter 2 horas disponíveis 


 Outro complexo de cavernas e igrejas em meio a formações rochosas interessantes


Para voltar dali há duas maneiras: 

Opção 1 - Táxi: É só perguntar nas lojinhas do lado de fora de Zelve se tem táxi disponível (se fala como no Brasil, mas se escreve taksi). Sempre tem um turco que usa seu carro como serviço de táxi. O valor cobrado deve ser em torno de 30 LT.

Opção 2 – Dolmus (van): Não existe dolmus direto para Goreme. Ao fechar o parque, o último dolmus sai às 18h15 para Avaros. De Avaros para Goreme há um dolmus saindo às 19h00. 


ESPEDIDA DA CAPADÓCIA

Chegando em Goreme me despedi do pessoal do hotel e peguei um Transfer contratado em uma das agências do centro de Goreme, e fui para o Otogar (rodoviária) de Kayseri, de lá embarquei às 23h30 no ônibus da empresa Gularas (havia comprado quando cheguei na Capadócia) com destino a Kahta, na parte leste da Turquia, uma terra muito mais conservadora das antigas tradições muçulmanas e com sítios arqueológicos espetaculares como as ruínas de Kommagene e Nemrut Dagi.


MEU ROTEIRO

Anterior: TURKISH NIGHT

Roteiro completo: MISSÃO TURQUIA

Próximo: KAHTA


Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações