Inicio » , , , , » Mulher que financia viagem com sexo é uma farsa

Mulher que financia viagem com sexo é uma farsa

O app de relacionamento "Youjia" criou um anúncio falso para divulgar a marca



O jornal britânico The Telegraph publicou uma matéria desmentindo a notícia que afirmava que uma mulher chinesa de 19 anos de idade transaria com estranhos em diferentes cidades para financiar suas viagens pelo mundo. O anúncio, publicado no site de mídia social Weibo, divulgava que a estudante Ju Peng procurava "namorados temporários" que deveriam ser "de boa aparência, com menos de 30 anos, mais alto do que 1,75 metros e, é claro, rico."

O suposto anúncio pessoal ainda dizia: "[Os homens] devem financiar o meu transporte para sua cidade e todas as minhas despesas enquanto eu estiver lá e eles precisam ser generosos. Em troca, eles recebem uma noite inteira comigo, a minha atenção, e a chance de mostrar-se na companhia de uma garota verdadeiramente bela."

A notícia seria uma farsa criada para promover um aplicativo de smartphone para namoro, chamado Youjia, que funciona de forma semelhante ao Tinder. A menina cujas fotos são usadas no anúncio, e  que se supõe se chamar Ju Peng, ainda não se manifestou sobre a situação.

De acordo com a Shanghai Daily, a mentira saiu pela culatra do aplicativo, que teve sua venda proibida na China. Vale ressaltar que o regime comunista do país já não vê com bons olhos a liberdade da internet.

A notícia falsa foi divulgada até em O Globo Online


O Departamento de Informação de Internet do Estado da China emitiu uma decisão contra o desenvolvedor do aplicativo, Shanghai Zhangyi Network Technology Co., o que o impede de vender Youjia.

Um comunicado do Gabinete de Informação de Internet do Estado diz que "a empresa passou dos limites para se promover", e que o anúncio continha "um conteúdo falso e antiético."

O anúncio polêmico criou uma tempestade nas redes sociais causando discussões acirradas sobre o assunto. Muitos se posicionaram contra a situação, sugerindo que isso estimulava a prostituição, enquanto outros defendiam a mulher, afirmando que ela tinha a liberdade de escolher como usar seu corpo.


Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações