Os 10 países mais perigosos para mulheres viajantes

O Brasil fica em quarto lugar na lista divulgada pela IWTC


Uma seleção realizada pelo International Women’s Travel Center (IWTC) definiu a lista de países considerados atualmente como os mais perigosos para mulheres que desejam viajar sozinhas (ou mesmo acompanhadas). A escolha foi feita sobre os países que são “prováveis destinos”e, por isso, não inclui lugares como Síria e Iraque. A entidade não recomenda que viagens não sejam realizadas nesses locais, mas deixa a turista atenta sobre os perigos existentes.
Veja abaixo a seleção:
1º ÍNDIA


Segundo a IWTC, o “estupro é um problema epidêmico tanto para turistas quanto para as mulheres locais e o sistema judiciário é um abismo e é difícil reportar um ataque, mais difícil ainda é obter a assistência necessária”. Existem diversos casos recentes como o de cinco homens (dois deles trabalhavam como guias turísticos) presos em Calcutá suspeitos de extorquir e estuprar uma turista japonesa de apenas 22 anos. Ela foi mantida em cativeiro até conseguir fugir cerca de um mês depois.

2º EGITO


Segundo a IWTC, “depois da Primavera Árabe, houve um dramático crescimento nos números de assédio sexual contra turistas e locais”. Foi noticiado no jornal britânico The Telegraph que dois luxuosos resorts tiveram suas licenças suspensas temporariamente após denúncias de estupro nas suas dependências. 

3º MÉXICO


Segundo a IWTC, “não há como negar que o tráfico de drogas e a violência de gangues foram os motivos para que o governo dos EUA emitisse um aviso de alerta para viagens ao país”. Em 2013, um caso de violência contra turistas foi registrado em Acapulco. A CNN noticiou que um grupo de homens armados invadiu o bar e estuprou seis espanholas.

4º BRASIL


Pois é, o Brasil está em quarto lugar! Segundo a IWTC, “os turistas são vistos como alvos específicos, especialmente durante a noite”. Além de todos os problemas de segurança que nós conhecemos, foi citado no relatório o caso da turista americana, de 21 anos, que foi estuprada dentro de uma van no Rio de Janeiro ao tentar ir de Copacabana para a Lapa.

5º HONDURAS


Segundo a IWTC, “um dos problemas é o tráfico de cocaína, mas há também intensa violência entre gangues, além de roubos à mão armada”. A cidade mais violenta do mundo está em Honduras: San Pedro Sula que conta com uma taxa de homicídios de 171,2 para cada 100.000 habitantes. 

6º QUÊNIA


Segundo a IWTC, são altíssimos os riscos de violência sexual entre mulheres e meninas, sejam elas de áreas urbanas ou de zonas rurais, “e o judiciário do país não é uma boa ajuda”. Ainda existem as ameaças terroristas. Em 2013, radicais invadiram um shopping na capital do país, Nairóbi, matando 72 pessoas.

7º COLÔMBIA


Segundo a IWTC, “a situação é tão ruim que até mesmo as ativistas que defendem os direitos das mulheres se tornaram alvos de ataques e estupros”.

8º PAPUA NOVA GUINÉ


Segundo a IWTC, o país é “tremendamente perigoso para mulheres e turistas” e de acordo com a organização Médicos Sem Fronteiras, 70% das mulheres do país são vítimas de estupro ou agressões pelo menos uma vez na vida. Em 2013, uma turista britânica foi estuprada quando fazia uma trilha com seu marido e um guia turístico, que foram imobilizados por um grupo de homens.

9º ARÁBIA SAUDITA


Além de várias dificuldades impostas pela cultura e religião, a IWTC lembra que é difícil até conseguir um visto para mulheres entrarem no país. E mesmo que consiga, é necessário que estejam acompanhadas de um parente do sexo masculino e vestindo a abaya, túnica preta, e o hijab, véu usado na cabeça.

10º VENEZUELA


Segundo a IWTC, os “sequestros são comuns, então é uma boa ideia avisar a sua embaixada e seus familiares sobre os locais que irá visitar”. Além disso, a instabilidade política provocada pela ditadura socialista de Maduro torna o país cada vez mais perigoso. 


O SITE
O IWTC é uma entidade que se dedica a auxiliar mulheres viajantes a planejarem suas viagens de maneira segura pelo mundo e é uma excelente ferramenta a se conhecer. Para você que é mulher e é louca por aventuras como essa, coloque o site International Women’s Travel Center na sua lista de favoritos.

Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações