Inicio » » A maior atração desta praia está debaixo da areia

A maior atração desta praia está debaixo da areia

Esqueça o guarda-sol e leve a pá para Hot Water Beach na Nova Zelândia


A Nova Zelândia costuma ser um destino para quem deseja se aventurar no meio da natureza exótica. Um exemplo disso é a praia de Hot Water Beach. É uma praia na costa leste da península de Coromandel, Nova Zelândia, cerca de 12 km a sudeste de Whitianga, e cerca de 175 quilômetros de Auckland.
  

A praia é um destino popular, tanto para moradores quanto para turistas que visitam a Nova Zelândia. O número de viajantes anuais foi estimado em 700 mil, tornando-se uma das atrações termais mais visitadas na região de Waikato.
  
Dentro de duas horas antes ou depois da maré baixa, é possível cavar na areia formando uma piscina de água quente. A água, com uma temperaturas até 64°C, filtra-se a partir de duas fissuras subterrâneas. Os banhistas levam pá e balde para "construir" suas próprias piscinas de águas termais, com direito a canalizar a água fria do mar para temperar a nova banheira.





 


Agora atenção! Deve se ter cuidado com a localização das fontes termais muito próximas do mar, mesmo na maré baixa, pois os visitantes podem ser pego de surpresa pelas grandes ondas quebrando. Hot Water Beach é conhecida por suas perigosas correntes de retorno, buracos e grandes ondas. Placas aconselham a não nadar menos de 50 metros perto das rochas, e nadar apenas entre as bandeiras se a guarda costeira estiver no local. Essas correntes de retorno custaram a vida de vários banhistas desprevenidos.





 
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações