Inicio » » MUSEUS DE LA PAZ

MUSEUS DE LA PAZ

Vestígios de antigas culturas


São quatros pequenos museus na histórica Calle Jaén que fazem parte de um só complexo e funcionam de terça a sexta (09h30-12h30 e 15h00-19h00) e de sábado a domingo (09h00-13h00). O ingresso custa apenas 4 Bs e dá direito a visitar os museus que são os seguintes: o Museo Costumbrista Juan de Vargas (Esquina da Calle Sucre com Calle Jaén) contém uma diversidade de arte, fotografia, cerâmica e artefatos coloniais da história boliviana. O Museo del Litoral (Calle Jaén, 798) contém relíquias da guerra de 1884 em que a Bolívia perdeu sua saída ao litoral para o Chile. O Museo Casa de Pedro D. Murillo (Calle Jaén, 790) mostra a casa do herói nacional Pedro Murillo que foi enforcado pelos espanhóis em 29 de janeiro de 1810 na praça que leva seu nome.Mas o que realmente me interessava era o quarto museu: o Museo de Metales Preciosos (Calle Jaén, 777) que conta com 4 salões com peças arqueológicas pré-colombianas de ouro e prata, além de itens de Tiahuanaco. Existe nesse museu um vaso de cerâmica encontrado próximo ao Lago Titicaca que contém escrições que se assemelham aos escritos cuneiformes sumérios. Isso seria uma prova da ligação da América do Sul com antigas civilizações do oriente médio. 
 


Entrei no primeiro museu, o Costumbrista Juan Vargas, e comprei o ingresso quádruplo. Eu tinha pouco tempo para conhecer os museus antes de retornar para a agência de turismo que ficava um pouco distante dali caminhando. Conheci rapidamente este museu e fui direto para o Museu de Metais Preciosos para..... dar com a cara na porta! Ele estava fechado! Mas como? Pois é, ele estava fechado para reforma e não podia ser visitado. Apenas frustração por não cumprir essa missão e com a promessa de voltar aqui um dia.



 
Na Calle Jaén também se encontra o Museo de Instrumentos Musicales (09h30 às 13h00 e 14h00 às 18h30) que não faz parte do complexo de museus, ou seja, sua entrada é paga a parte.

Ainda tentei passar pelo Museo Arqueológico de La Paz, na Calle Tiahuanacu esquina com Federico Suazo, 39, mas também havia um aviso de que o museu estava fechado para reforma. O que estava havendo com os museus de arqueologia da Bolívia? 



 

RUMO À SANTA CRUZ 

Retornei para a agência de turismo pegando uma van que segua a Mariscal Santa Cruz, peguei a mochila e fui para o terminal que fica entre a Calle Uruguay e Peru. Esse pernoite seria no ônibus em uma longa viagem de 16 horas até Santa Cruz de la Sierra. A passagem custou 130 Bs na empresa El Dorado e saiu às 19h30. 
 

 
GASTOS (fevereiro 2013) 

Museus da Calle Jaén (4 museus) – 4 Bs
Táxi para Museu Arqueológico – 10 Bs
Van para agência de turismo – 3 Bs
Taxa de embarque no terminal de La Paz – 2 Bs
Passagem para Santa Cruz – 130 Bs 


MEU ROTEIRO

Anterior: VALLE DE LA LUNA

Roteiro completo: MISSÃO BOLÍVIA

Próximo: SANTA CRUZ DE LA SIERRA

Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações