Inicio » , , , , , » Romênia: 4 dias em Brașov, a capital da região da Transilvânia

Romênia: 4 dias em Brașov, a capital da região da Transilvânia

A cidade que serve de ponto de partida para visitar as atrações da Transilvânia


Braşov está localizada no centro da Romênia, em plena região da Transilvânia, e apesar de desenvolvida ainda conserva o clima medieval do passado. É uma cidade bem organizada, limpa e com bela arquitetura, mas isso não foi por acaso. Na Era Medieval, os reis húngaros, donos daquelas terras, convidaram colonos alemães para desenvolver as cidades, construir minas e cultivar a terra da Transilvânia. E deu certo!


COMO CHEGAR?

A cidade fica a 166 km ao norte de Bucareste e a 380 km do Mar Negro. Existem diversos meios de transporte que ligam a capital a Braşov (lê-se "brachov"), como trens, vans e ônibus. É possível, inclusive, chegar na Romênia através do aeroporto de Otopeni e pegar um ônibus direto para Braşov. Se da capital é fácil chegar, da fronteira com a Ucrânia não foi e eu ralei bastante pra chegar lá.

Hotel Aro Palace, apenas um dos vários edifícios históricos do lugar


Fiquei hospedado no Hotel Aro-Sport, atrás do hotel da foto acima e bem mais simples. Os quartos são privados e silenciosos, com pia, sendo o banheiro compartilhado no corredor. Não há café da manhã.

A cidade possui opções baratas de hostels e hotéis


4 DIAS EM BRAȘOV E ARREDORES

Brașov é a cidade mais bem estruturada da Transilvânia e que serve de ponto de partida para explorar as atrações da região. Planejei meu roteiro para conhecer Brașov e os arredores utilizando o transporte público existente durante os 4 dias de estadia.


DIA 1

PIATA SFATULUI

Para conhecer a cidade com um guia sem gastar dinheiro, existe um Free Walking Tour que sai diariamente nesta praça, perto da fonte, e dura cerca de 2h30 incluindo a Igreja Negra, a Strada Sforii (a rua estreita), a Igreja de São Nicolau, as muralhas da cidadela, o quarteirão Schei, o portão Ecaterina, sem falar da própria praça. Apesar da gratuidade, eu prefiro fazer as coisas no meu tempo, então fui descobrir tudo sozinho.

A Piata Sfatului, ou Praça do Conselho, é o lugar mais movimentado da cidade


 
Lá de baixo é possível ver nitidamente o letreiro de Brașov


O Free Wlaking Tour sai de perto da fonte central da praça


Nos arredores da praça existem vários bares e restaurantes agradáveis


IGREJA NEGRA

Uma das construções mais chamativas da cidade é a Igreja Negra construída no século 14 em estilo gótico com a ajuda de artesão búlgaros. Uma lenda macabra diz que uma criança alemã estava perturbando os construtores búlgaros falando que uma das paredes estava inclinada. Um búlgaro irritado empurrou a criança de cima da torre da igreja e depois enterrou ali o seu cadáver 😨.

A igreja fica ao lado da Piata Sfatului


Possui 65 metros de altura até o alto da sua única torre


IGREJA DE SÃO NICOLAU

A cerca de 900 metros da Igreja Negra está esta outra igreja histórica de Brașov. A Igreja de São Nicolau foi construída pelos próprios habitantes em 1292 com estilo gótico e, mais tarde, redecorada para o estilo barroco. Em frente dessa igreja existe outro monumento histórico: a primeira escola romena. Uma lenda legal diz que, sendo a única escola na Transilvânia, cada aldeia pagou por um aluno para frequentar a escola para aprender e, ao retornar, pudesse compartilhar seu conhecimento e ensinar os demais. 

Entrada da antiga Igreja de São Nicolau


A igreja ficava em frente à primeira escola da Romênia


DIA 2

SIGHIȘOARA

Peguei um trem a partir de Brașov para explorar a pequena e medieval Sighișoara (117 km), a cidade natal de Vlad Tepes, o homem que inspirou o personagem Drácula de Bran Stoker. O relato completo e as imagens desse lugar incrível estão no post Sighișoara, a cidade natal de Drácula.

Casa onde teria nascido Vlad Tepes, o Drácula da vida real


PARQUE NICOLAE TITULESCU

No retorno a Brașov parei para tirar umas fotos do bem cuidado Parque Nicolae Titulescu, nome do diplomata que defendeu a união da Transilvânia. Na verdade, o local é apenas um boulevard com um belo jardim e esculturas. Destaque para o lobo da lenda Rômulo e Rêmulo, símbolo de Roma.

Momunento relacionado à lenda de Rômulo e Rêmulo


Este boulevard é um bom lugar tirar fotos


DIA 3

Neste dia tinha bastante coisa programada, então acordei cedo para tomar café da manhã e aproveitar o tempo. Uma das vantagens de sair cedo da cama é poder ter a Piața Sfatului vazia de turistas.

Piața e casa Sfatului vazias pela manhã


Mais tarde essa praça voltaria a ficar lotada de turistas


CABLE CAR

Depois de tomar café da manhã no KFC, fui andando até as muralhas da antiga cidadela. Hoje esse local é um parque e ponto de início para chegar no alto da Montanha Tâmpa, lá onde fica o letreiro "a lá Hollywood" de Brașov. Existem duas maneiras de chegar lá em cima, uma é através de uma trilha e a outra é através do Cable Car (Telecabina, em romeno). Funciona de 9h30 (às segundas, inicia às 12h) às 17h30 (para descer até as 18h). O ticket custou 17 Lei (subida e descida). É possível comprar só a subida ou só a descida (10 Lei).

Acesso pelas muralhas da cidadela


A subida dura 2 min e 20 seg


Vista a partir do Cable Car


Lá em cima há um mapa das trilhas da montanha Tâmpa


Letreiro "Brașov" bem de perto


Do lado esquerdo do letreiro há um mirante da cidade


A Montanha Tâmpa e a cidade de Brașov


Como fui cedo consegui pegar o mirante ainda sem multidões de turistas


Só não dá para ver o letreiro de frente


Vista do alto da Piata Sfatului


Praça de esportes


O moderno e o antigo


Muralhas da cidadela vistas do mirante


A Torre Branca que fazia parte das antigas muralhas que cercavam a cidade


Ao descer da montanha fui explorar com calma aquele pequeno trecho de muralhas que ainda restou da antiga Brașov fortificada. É uma volta ao passado medieval caminhar por aquelas construções.

Muralhas da cidadela de Brașov


Portão que dava acesso ao setor fortificado da cidade


A Torre dos Caçadores, uma das que continua de pé até hoje


CASTELO DO DRÁCULA

Na pequena cidade de Bran, a apenas 26 km do centro de Brașov, está o castelo mais famoso da Transilvânia, relacionado à lenda do Conde Drácula da vida real. O relato completo e as imagens do lugar estão no post O Castelo de Bran e a lenda de Drácula na Transilvânia.

O Castelo de Bran é conhecido como o Castelo de Drácula


RAȘNOV

Esta cidade que fica no caminho entre Brașov e Bran também tem suas belezas arquitetônicas e históricas. Possui uma fortaleza medieval que pode ser visitada.  O relato completo e as imagens do lugar estão no post Rașnov e a cidade medieval fortificada.

Centro histórico da cidade de Rașnov


STRADA SFORII

Um lugar interessante em Brașov que vale a pena dar uma passada é esta rua considerada a mais estreita da Europa, medindo cerca de 1,3 metros de largura. Veja a localização dela aqui no Google Maps. Talvez isso seja novidade na Europa, pois no Brasil tem muita rua mais estreita do que essa.

A Strada Sforii com apenas 1,3 metros de largura tem status de rua


DIA 4

SINAIA

Comecei a manhã partindo para a cidade de Sinaia, uma antiga região de resorts e belos castelos da Transilvânia. O destaque é o Castelo de Peleș, considerado um dos mais bonitos da Europa. O relato completo e as imagens do lugar estão no post Sinaia e o magnífico Castelo de Peleș.

O belo Castelo de Peleș consegue sem ainda mais bonito no interior


MONTANHAS BUCEGI

A Transilvânia possui muito mais mistérios do que as lendas de Conde Drácula. Um desses mistérios se localiza no Parque Natural Bucegi, no alto da cidade de Bușteni. O relato completo e as imagens do lugar estão no post Os mistérios das Montanhas Bucegi.

A Esfinge das Montanhas Bucegi é relacionada com lendas de OVNI


DESPEDIDA DA CIDADE

Ao retornar de Sinaia/Busteni me restou andar pela última vez pelas ruas medievais de Brașov antes de arrumar minha mochila para o próximo destino, ainda na Transilvânia. Na manhã do dia seguinte eu estaria embarcando numa van para a cidade histórica de Sibiu.

Majestoso edifício da Prefeitura de Brașov


MEU ROTEIRO


Roteiro completo: MISSÃO UCRÂNIA-ROMÊNIA

Próximo: SIGHIȘOARA


Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial

Reservas na Asia

trazy.com

Promoção! Reserve aqui

Booking.com

Se inscreva no canal

Clique aqui para seguir no

Pesquise o seu destino aqui

Booking.com

Leia Também

Notícias de Viagens

Viagens pelo Mundo

Sobre o autor

Sobre o autor
Renan tem 35 anos, é carioca, mochileiro, torcedor do Botafogo, historiador e arqueólogo amador. Gosta de viajar, fazer trilhas, academia, ler sobre a história do mundo e os mistérios da arqueologia, sempre comparando os lados opostos de cada teoria. Cada viagem que faz é fruto de muito planejamento e busca conhecer o máximo de lugares possíveis no curto período que tem disponível. Acredita que a história foi e continua sendo distorcida para beneficiar alguns grupos, e somente explorando a verdade oculta no passado é que se consegue montar o quebra-cabeça do mundo.

Total de visualizações